sexta-feira, 20 de outubro de 2017

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

"Estes documentos faziam parte de uma colecção privada em Londres, até que o Sberbank, o banco estatal russo, os comprou, em Julho, por mais de € 70 mil. Agora, podem ser vistos no Museu de Tsárskoye Seló, nos arredores de São Petersburgo, onde a família real passava os Verões."


Publicámos no Facebook, no mural do Projeto Memória :

"Cartas da família real russa voltam ao país 100 anos depois.

Entre os quase 200 documentos, há a correspondência do último czar da Rússia, Nicolau II, de sua esposa, Alexandra Feodorovna, e de outros membros da família Romanov.
Estes documentos faziam parte de uma coleção privada em Londres, até que o Sberbank, o banco estatal russo, os comprou, em julho, por mais de € 70 mil. Agora, podem ser vistos no Museu de Tsárskoye Seló, nos arredores de São Petersburgo, onde a família real passava os verões."

Para ler mais sobre assunto, clique aqui .

Abraços saudáveis

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

terça-feira, 17 de outubro de 2017

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Inicialmente, Pluto não era o mascote de Mickey, mas sim da sua namorada, Minnie. O cão, treinado para caça, começou por ser chamado de Rover, mas a esposa de Walt Disney sugeriu uma mudança de nome, aproveitando a recém descoberta de Plutão


Publicámos no Facebook, no mural do Projeto Memória :

Inicialmente, Pluto não era o mascote de Mickey, mas sim da sua namorada, Minnie. O cão, treinado para caça, começou por ser chamado de Rover, mas a esposa de Walt Disney sugeriu uma mudança de nome, aproveitando a recém descoberta de Plutão.

Abraços saudáveis

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

"(...) em 1950 quando a condessa Amália Moncenigo pediu ao seu amigo Giuseppe que lhe preparasse um prato rico em ferro, feito com carne crua porque o seu médico exigia e tentava curá-la duma grave anemia. E assim foi, Giuseppe resolveu presenteá-la dum prato de carne crua mas não bruta. Preferiu a leveza dumas fatias que foram alcunhadas de ‘Carpaccio’ por decorrer nessa altura em Veneza, uma exposição do pintor italiano renascentista, Vittore Carpaccio. Pintor esse que nos seus quadros, usava cores muito luminosas e quentes como o vermelho que lembra a carne crua."


Publicámos no Facebook, no mural do Projeto Memória :

Você conhece a história do Carpaccio?

"O nome “Carpaccio” vem do pintor Vittore Carpaccio mas tudo começou num restaurante em Veneza denominado “Harry’s Bar”, com gerência de Giuseppe Cipriani.
Restaurante elitista, frequentado por famosos como Hemingway, Somerset Maugham, Orson Welles, Onassis, Callas ou Chaplin.
 
Entre outros manjares e drinks o que lhe deu mais prestígio foi aquele prato feito com lâminas finíssimas de carne crua acompanhadas de molho à base de mostarda. Aconteceu em 1950 quando a condessa Amália Moncenigo pediu ao seu amigo Giuseppe que lhe preparasse um prato rico em ferro, feito com carne crua porque o seu médico exigia e tentava curá-la duma grave anemia. E assim foi, Giuseppe resolveu presenteá-la dum prato de carne crua mas não bruta. Preferiu a leveza dumas fatias que foram alcunhadas de ‘Carpaccio’ por decorrer nessa altura em Veneza, uma exposição do pintor italiano renascentista, Vittore Carpaccio. Pintor esse que nos seus quadros, usava cores muito luminosas e quentes como o vermelho que lembra a carne crua.
 
Agora ficam a saber. Quem goste de ‘Carpaccio’ e vá a Veneza, já sabe onde se dirigir. O restaurante agora com gerência do filho de Giuseppe ainda serve o ‘Carpaccio’ original que seu pai inventou.
O restaurante ainda mantém o mesmo nome."
Fonte: Curiosity
 
Abraços saudáveis
 

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Numa aldeia indígena, o adulto é o dono da aldeia, o velho é o dono da história e o jovem é o dono do mundo.


Publicámos no Facebook, no mural do Projeto Memória :

Numa aldeia indígena, o adulto é o dono da aldeia, o velho é o dono da história e o jovem é o dono do mundo.
Orlando Villas-Bôas (na foto com um índio Txicão)

Abraços saudáveis