segunda-feira, 3 de maio de 2010

"Ter a Língua Portuguesa como Pátria"


Tive o privilégio de fazer parte de um pequeno grupo que, na semana passada, trocou ideias sobre o que vai ser o relançamento de um projecto de Talentos Portugueses espalhados pelo mundo. Logo logo divulgarei mais pormenores sobre aquele. Adianto que é algo pura e simplesmente fascinante.

Para pré-preparar os meus leitores para o que aí vem, deixo-vos com algumas expressões felizes sobre esta temática:

A minha pátria é a língua portuguesa (Fernando Pessoa)

A Língua Portuguesa não conhece fronteiras, não se institui como um território mental instaurador de barbarismos. Desse centro de divergência coalescente, não se vê nem estrangeiros nem bárbaros. Ter a Língua Portuguesa como Pátria, indo para além do lugar comum pessoano que tem sido usado para tudo e para nada, é não ser mais do que cidadão do Universo, encarado como o que, a cada instante, em cada um dos existentes e a cada um engloba numa corrente de transcensão transmutadora e re-criadora. É no diverso que se dá a patência da conversão plenificante ao que a tudo excede e, nesse excesso, tudo abraça num amplexo oceânico, sem fundo e sem margens. (Paulo Feitais, "A lusofonia não é lusófona, mas universal", Cultura ENTRE Culturas, nº1 (Lisboa, 2010), pp.20-21.)

Se queremos repor Portugal no lugar onde ele já esteve por mérito próprio (com erros e acertos!), precisamos encontrar os talentos portugueses espalhados pelo mundo (Portugal incluso), potenciar as suas capacidades e uní-los, por exemplo através do orgulho em falarem português e de grandes causas que precisamos ver concretizadas nos próximos anos.

Ao tornarmos realidade o projecto acima mencionado, conseguiremos, sem qualquer dúvida, atingir um patamar de conhecimento e competências criticas que gerará resultados em grandes áreas , como a saúde, economia (inclusão social, eliminação pobreza) , ambiente, tecnologia, etc.

Uma nota especial aos meus leitores do outro lado do Atlântico: eu sei bem do vosso orgulho em serem brasileiros e podem ter a certeza que é um activo com valor inestimável que contribuirá para validar que o Brasil será um GRANDE país no século XXI.

Abraços saudáveis (com orgulho de falar português!)

Um comentário:

Isabel disse...

Que interessante! Estarei atenta para que saiba mais novidades sobre esse projecto.

Saudações,
Isabel Montes