quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

"Sua história começou em meados do século XII, quando a igreja romana, que existia no local, passou a ser muito pequena para a população de Paris, cujo crescimento havia disparado. Surgiu então o projeto de construir uma imensa catedral, de 135 metros de largura e 40 metros de altura, uma testemunha da prosperidade relativa do momento, quando a fome e as epidemias diminuíram.”



Publiquei no Facebook, no mural do Projeto Memória :


Os 850 anos da Catedral de Notre-Dame 

“A Catedral gótica dedicada à Virgem Maria e localizada numa pequena ilha no centro de Paris, rodeada pelas águas do rio Sena levou 180 anos para ficar pronta.

Sua história começou em meados do século XII, quando a igreja romana, que existia no local, passou a ser muito pequena para a população de Paris, cujo crescimento havia disparado. Surgiu então o projeto de construir uma imensa catedral, de 135 metros de largura e 40 metros de altura, uma testemunha da prosperidade relativa do momento, quando a fome e as epidemias diminuíram.

Durante a sua existência a Catedral passou por diversos contratempos: foi saqueada mais de uma vez, fechada, teve seus tesouros roubados e foi utilizada como armazém de alimentos... Até que o escritor Victor Hugo, em seu livro "Notre-Dame de Paris", publicado em 1831, chamou à atenção para as condições da catedral, que precisava de urgentemente de restauro. O grito de alerta de Victor Hugo ressoou alguns anos depois, quando começou o trabalho de restauro que duraria 23 anos. 

As comemorações começaram este mês e terminam em novembro de 2013.”

Fonte: Folha de S.Paulo

Abraços saudáveis

Um comentário:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Esta Catedral é uma jóia da arte Gótica. É também um marco histórico.
A inconsciência humana desrespeita os valores dos seus antepassados. Este abandono é a prova disso.

A História faz-se todos os dias e estas mudanças contribuem para reparar erros de um passado mais sombrio.