quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

"As suas fotografias mais conhecidas mostram, sobretudo, cenas pitorescas da vida quotidiana. Centenas delas foram feitas em Paris."


Publiquei no Facebook, no mural do Projeto Memória :


Dez anos após a morte de Henri Cartier-Bresson, o Centre Pompidou, em Paris, apresenta uma grande retrospectiva sobre o fotógrafo francês. Mais de 500 fotografias, desenhos, pinturas, filmes e documentos ajudam a fazer uma releitura do seu trabalho. As suas fotografias mais conhecidas mostram, sobretudo, cenas pitorescas da vida quotidiana. Centenas delas foram feitas em Paris. São imagens que têm, além do valor artístico, uma enorme importância histórica. Bresson nunca reenquadrava as suas fotos no momento da ampliação: a imagem impressa era exactamente aquela que ele clicou. Ele não gostava da cor, que para ele não tinha a “força e a abstração" do preto e branco.

Fotografia by Henri Cartier-Bresson

Abraços saudáveis




Nenhum comentário: