sábado, 1 de novembro de 2008

Um dia agradável merece a nossa gratidão!

Hoje passei uma parte do dia em Morretes. Foi tudo tão agradável (como português, gostei especialmente de conhecer esta cidade histórica) que me apeteceu "postar" algo sobre gratidão e escolhi o texto abaixo, recebido do Organik:

"O termo gratidão vem da palavra latina gratus, que significa agradável

A interpretação óbvia é que quando se está grato, então se está feliz, não por algo em si, mas pela gratidão. Em outras palavras, para se sentir feliz, sinta-se grato.

Existem três maneiras de agradecer.

A primeira maneira é procurar as coisas boas e agradecer por elas. Tente ver o lado bom das situações mesmo que pareçam, à primeira vista, difíceis ou desagradáveis

Uma segunda maneira de vivenciar o agradecimento é agradecer antes do tempo por qualquer bem que se deseje na vida. Em outras palavras, criamos nossa vida externa da mesma maneira que criamos nossa vida interna – com pensamentos, crenças e atitudes. A gratidão antecipada é uma atitude de vencedor e nos ajuda a criar e agir na direção daquilo que queremos.

Uma terceira maneira de vivenciar o agradecimento – talvez a mais difícil e a mais significativa – é agradecer pelos problemas e desafios de sua vida. Ao enfrentar e superar os desafios, ficamos mais fortes, mais sábios e obtemos um maior entendimento.

(…)Como disse uma pessoa no auge de sua doença: “Estou tão ocupado agradecendo as boas coisas que tenho que não me sobra tempo para sentir carência, mágoa ou deficiência.”

À medida que você se torna um apologista da abundância que possui, uma crescente atitude de agradecimento trará maior felicidade e prosperidade para você. A gratidão atrai coisas boas. (Adaptado do livro Insight II)"

Pensar e AGIR assim também é Qualidade de Vida.

Abraços saudáveis


4 comentários:

Núncio disse...

João, bom dia.
Passei pelo seu blogue e gostei. Quando cheguei a este texto, sorri.
Conheço bem o Paraná, desde Paranaguá à Foz do Iguaçu. Em Morretes come-se um barreado muito saboroso, perto do rio.
Continue. Felicidades!

isabel ferreira disse...

Boa noite João,

Reconheço esse seu sentimento de gratidão a propósito de acontecimentos felizes, aparentemente banais.

Cada dia que passa valorizo mais pequenas coisas, permito-me sentir a beleza que me rodeia e fico grata por me deparar com ela. À alegria e ao prazer que sinto, por exemplo, quando vou ou regresso do emprego atravessando o parque florestal do Monsanto, associaou-se não há assim tanto tempo, uma sensação de gratidão, que expresso muitas vezes em voz alta, pelo privilégio de ter à minha disposição um trajecto despoluído, verde, entre àrvores.

Sei por experiência que a gratidão pode começar por uma ideia de gratidão e ser gradualmente interiorizada. Aos poucos tenho vindo a alargar essa ideia a mais areas da minha vida. É extraordinario como os sentimentos felizes como a gratidão contribuem para a paz de espírito, a limpeza da alma e a saúde do corpo.

Abraço saudável

João Marques disse...

Isabel,

Obrigado pelas suas simpáticas palavras.
É sempre bom ver alguém que partilha a importância e o prazer que podemos usufruir destes "pequenos grandes" momentos.

Conto consigo como leitura participativa do meu Blog.

Abraços saudáveis,

João

João Marques disse...

Caro Núncio,

Agradeço a sua visita e comentário simpático sobre Morretes. Confirmo que experimentamos o Barreado (e não só!) e gostamos muito (a estrada da Graciosa é linda, a cidade é linda, tudo é muito bom!)

Continue a visitar-me e a participar ok?

Abraços saudáveis

João