quarta-feira, 7 de outubro de 2009

É importante saber que óleo parcialmente hidrogenado é gordura trans!


Compartilho com os meus leitores, a indignação explícita do Dr. Sérgio Vaisman, sobre as estratégias mais recentes para nos enganarem enquanto consumidores, sobre a questão da gordura trans.

"Realmente revoltante e enfurecedor o tipo de pouco caso a que nos submetem as indústrias que produzem alimentos.Veja só o que me enraiveceu numa das últimas idas ao supermercado. Ao procurar comprar um molho de pimenta, verifiquei no rótulo do produto que havia OLEO PARCIALMENTE HIDROGENADO. Você sabe o que isto significa? Nada mais do que GORDURA TRANS. Já sabemos que a gordura trans é adicionada a todos os alimentos industrializados crocantes e suavizadores de textura, o que não é menos condenável, mas encontrar esse tipo de gordura num tempero eu considerei DEMAIS!

De acordo com o FDA, “ relatórios científicos confirmam a correlação entre consumo de gorduras trans com aumento do risco de doenças das coronárias. Por esse motivo, nenhuma quantidade dessa gordura pode ser consumida com segurança.”

Apesar dessa publicação, os órgãos oficiais, inclusive o próprio FDA, passaram a considerar uma quantidade tolerável de consumo para os seres humanos que se considera seguro. Ora, se NÃO se deve consumir pois FAZ MAL, como se considerar que exista um tanto capaz de não ser nocivo ao organismo? Isso também ocorreu quanto ao ASPARTAME, verdadeiro veneno que libera no organismo uma substância venenosa chamada METANOL que, a partir dos interesses em sua comercialização, passou a ser tolerado numa determinada quantidade. Da mesma maneira se fez com o mercúrio, metal pesado que se acumula no corpo e leva ao desenvolvimento de inúmeros problemas degenerativos graves mas, após pressões das indústrias, passou-se a criar uma quantidade tolerável pelo organismo e que se denomina SEGURA.

A única quantidade segura de consumo de gordura trans é ZERO. Para piorar a situação, o FDA solicita aos fabricantes de alimentos que ressaltem nos rótulos dos produtos a gordura trans quando a quantidade exceder 0,5 gramas por porção servida. Abaixo disto, pode-se anunciar “NÃO CONTEM GORDURA TRANS”. Você acha isto justo? Não somos apenas ingênuos mas, sim OTÁRIOS!

Todos os produtos que contêm gordura trans são realmente deletérios ao organismo e isso inclui TODOS os biscoitos crocantes, sorvetes cremosos, margarinas,maioneses prontas e muitos outros. Tantos são os produtos que dizem não conterem gordura trans mas ressaltam GORDURA HIDROGENADA na sua composição, o que é sinônimo de gordura trans. É para otários mesmo!

Por esse motivo, a única arma que temos nessa luta de manutenção da saúde chama-se INFORMAÇÃO. Não faltam artigos e literatura abundante sobre esse tema e cabe a nós nos informarmos da melhor maneira. O prazer em comer é uma das coisas mais próprias do ser humano mas não devemos nos esquecer que induzimos nossos filhos a consumirem muito lixo que provêm de indústrias alimentícias e nos são propagadas como saudáveis.

Os maiores FABRICANTES DE DOENÇAS atualmente estão entre os que industrializam alimentos “enriquecendo-os” com aditivos absolutamente maléficos ao corpo humano."


Estima-se que se os consumidores esclarecidos e actuantes chegarem a 5% do total dos consumidores, conseguiremos parar com a colocação dos interesses económicos de alguns à frente da saúde (Qualidade de Vida) da população.

Como executivo, sou defensor do sistema capitalista e da geração de lucros das empresas, como garante da melhoria crescente e sustentada das condições de vida de toda a população mundial, mas nunca ultrapassando limites do bom senso e do respeito pela vida (saudável!) das famílias, enquanto consumidoras dos respectivos produtos e ou serviços!

Abraços saudáveis

2 comentários:

Vanessa Lobato disse...

Como sempre ótima postagem João!

Realmente é um absurdo as coisas que são feitas para o benefício das grandes empresas sem levar em conta as consequências disso a população.

Vou linkar esse post no meu blog, tudo bem!

Abraços,

Vanessa Alves Lobato
Nutricionista
nutrivanessalobato@blogspot.com

João Marques disse...

Olá Vanessa,

Obrigado por nos ajudar a divulgar este tipo de informações junto dos leitores do seu blog o qual como sabe, acompanho regularmente.

Abraços saudáveis