quinta-feira, 1 de abril de 2010

Telómeros - agora temos (mais uma ) razão FÍSICA para evitarmos situações de stress continuo !


Já todos sabemos que o stress é algo nocivo à nossa saúde, mas é algo difícil de medir ou quantificar e como não o visualizamos de forma clara, acabamos por comentar sem grande expectativa de solução, algo como - isso é do stress - e ficamos por aqui.

No entanto, sabe-se hoje, que altos níveis contínuos de stress, aumentam a velocidade com que os nossos telómeros reduzem, levando ao aparecimento de algumas doenças e ao nosso envelhecimento prematuro.

Entenda melhor o porquê do que escrevi acima:

"Cada vez que a célula se divide, os telómeros são ligeiramente encurtados. Como estes não se regeneram, chega a um ponto em que, de tão encurtados, não permitem mais a correcta replicação dos cromossomas e a célula perde completa ou parcialmente a sua capacidade de divisão. O encurtamento dos telómeros também pode eliminar certos genes que são indispensáveis à sobrevivência da célula ou silenciar genes próximos. Como o processo de renovação do nosso corpo não tolera a morte das células antes da divisão correcta das mesmas, o organismo tende a morrer num curto prazo de tempo no momento em que seus telómeros se esgotam." (fonte: clique aqui)


"(...) O estresse contínuo induz a uma série de efeitos nocivos no organismo. Estes efeitos também podem ser observados no cérebro, principalmente no hipocampo, onde promove alterações na sua morfologia e função. Recentemente, demonstrou-se uma redução do tamanho dos telômeros em leucócitos de mulheres com alto grau de estresse. Os telômeros são seqüências repetitivas dos nucleotídeos TTAGGG, responsáveis por proteger as extremidades dos cromossomos, e sua manutenção e alongamento é mediado, principalmente, pela enzima telomerase.

(...) o estresse psicossocial prolongado reduz o tamanho dos telômeros do hipocampo de camundongos e que esta redução não parece ser devido a alterações gênicas ou enzimáticas da telomerase. Com este estudo procuramos entender melhor os mecanismos celulares e genômicos cerebrais modulados pelo estresse psicológico prolongado, de natureza social. Uma vez que muitos distúrbios psiquiátricos e neurodegenerativos são provenientes do estresse crônico, nossos resultados fornecem mais subsídios para se evidenciar a importância do ambiente social na saúde mental dos indivíduos." (fonte: clique aqui)

Caro leitor, aproveite estas férias da Páscoa para usar estes novos dados (para o comum dos mortais) no sentido de voltar à sua rotina com hábitos mais saudáveis para que os seus telómeros diminuam mais lentamente por contrapartida do aumento da sua Qualidade de Vida.

Boa Páscoa e...

Abraços saudáveis

2 comentários:

Alessandro William disse...

oi João, adorei seu Blog, acho que ele vai ser muito útil para mim, estou fazendo fisioterapia e seu Blog tem muita coisa da área de saúde, quando der dê uma passadinha pelo Meus Textos, espero que goste, um abraço

João Marques disse...

Caro Alessandro William,

Agradeço as suas simpáticas palavras.
Que bom que, de alguma forma, o meu Blog lhe possa ser útil. As suas visitas e ou comentários que sinta oportuno fazer, serão sempre muito bem vindos.
Vou com certeza ler os "Meus Textos".

Abraços saudáveis