sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Com toda a sua calma, o Dalai Lama nunca poderia ter inventado as "batatas chips"! :) “O chef George Crum irritado com a atitude do cliente, decidiu preparar uma nova porção e foi aí que as cortou em fatias finíssimas, fritou-as em óleo quente e colocou sal. Nasciam assim as “batatas chips”. O cliente adorou e George Crum baptizou o prato de “Saratoga Chips” que rapidamente se tornou um item popular do restaurante.”


No dia 19 de Novembro de 2012, publicámos no Facebook, no mural do Projeto Memória :

“Em 1853, um empresário jantava num restaurante em Saratoga- Nova York, quando chamou o empregado e devolveu as batatas fritas, afirmando que estavam cortadas em fatias muito grossas e não suficientemente crocantes. A cena repetiu-se mais de uma vez. O chef George Crum, irritado com a atitude do cliente, decidiu preparar uma nova porção e foi aí que as cortou em fatias finíssimas, fritou-as em óleo quente e colocou sal. Nasciam assim as “batatas chips”.
O cliente adorou e George Crum baptizou o prato de “Saratoga Chips” que rapidamente se tornou um item popular do restaurante.
Com o tempo, as batatinhas foram produzidas em massa para consumo doméstico, mas como elas eram armazenadas em barris ou em latas, rapidamente ficavam moles.
Por volta de 1926, a ex-enfermeira Laura Scudder , que criara uma pequena indústria de batatas chips na Califórnia, resolveu este problema ao perceber que a embalagem ficava hermeticamente fechada quando as duas partes do papel encerado eram unidas com ferro quente. Isso mantinha as batatinhas crocantes por mais tempo.”
Fontes: uol e embalagem de marca

Abraços saudáveis

Nenhum comentário: